Conheça 11 pontos turísticos da Índia

Vamos falar um pouco sobre um dos países mais interessantes de todo o mundo? É bem provável que você já conhece ou já ouviu falar dos principais pontos turísticos da Índia, como o Taj Mahal ou mesmo o Rio Ganges. A Índia é um país cheio de tradição e também beleza!

Pronto para mergulhar nessa próxima aventura? Então vamos lá!

Separamos uma fantástica lista de locais dentro do território indiano que você não pode deixar de visitar. Se você estiver indo pela primeira vez, é provável que você irá pousar em Nova Deli, a capital do país. Por lá você vai poder visitar:

Forte Vermelho

O Forte Vermelho é um ótimo exemplo da clássica arquitetura indiana. O forte foi residência dos imperadores da Dinastia Mughal, que tinham ligações com o império Persa através de matrimônio. Tudo isso com diversos adornos em metais preciosos ladeados pelo jardim das mil e uma noites, ou seja, um destino simplesmente incrível.

Produto da dinastia, o Forte Vermelho foi construído quando houve a mudança da capital do país e foi desenhado por Ustad Ahmad Lahori, arquiteto responsável pelo Taj Mahal. O Forte Vermelho é referência para a população indiana e também para o mundo, sendo considerado um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Apesar de ter sido parcialmente destruído pelos Britânicos, hoje funciona como um museu. A visita custa em torno de R$30 (550 Rupias Indianas). Só não recomendamos a visita no dia 15 de agosto, pois um dos locais onde os indianos comemoram a independência do país é justamente no Forte Vermelho.

Jama Masjid

Aproveitando que você já está na Cidade Antiga, por que não visitar outro marco arquitetônico da Índia? Essa é uma das principais mesquitas e está localizada em frente ao Forte Vermelho. A mesquita também é conhecida como a Grande Mesquita da Antiga Deli.

A sua construção começou no século 17, a pedido de Shah Jahan, o mesmo responsável pelo Taj Mahal e pelo Forte Vermelho.

A mesquita comporta 25 mil pessoas e tudo por lá é realmente gigante. Com certeza, esse é um lugar de tirar o fôlego com sua grandiosidade e beleza. O melhor de tudo é que esse é um passeio totalmente gratuito. Algumas taxas podem ser cobradas apenas se você quiser tirar fotos de lá.

Chandni Chowk

Ainda na Antiga Deli, você poderá testemunhar o tráfego insano, calçadas completamente lotadas, os tradicionais riquixás e animais disputando o local.

Para quem não está acostumado com grandes multidões, isso pode parecer claustrofóbico e caótico, mas também é completamente cativante.

Chandni Chowk é a principal rua da Antiga Deli e é também um dos principais mercados da Índia, onde se pode comprar desde joias até tecidos e eletrônicos. Muitos produtos acabam sendo uma verdadeira pechincha.

Além de produtos e suvenires para dar de presente, você também poderá aproveitar a comida de rua e aproveitar a sua viagem ao máximo:

  • Jalebis: massas doces fritas e encharcado em calda;
  • Paratha: um tipo de pão sírio;
  • Kachori: um lanche apimentado (como quase tudo na Índia);
  • Dentre muitas outras comidas típicas.

Uma dica aqui é não deixar a multidão te intimidar e lembre-se de que você está em uma cultura diferente da nossa e que em qualquer lugar do mundo, as cidades grandes são repletas de batedores de carteira, então mantenha vigilância redobrada para não ter problemas por lá.

Templo De Lótus

Você sabia que na Índia existe um templo no formato de uma flor de lótus branca? É simplesmente uma composição arquitetônica que deixa qualquer pessoa completamente estarrecida! E o melhor: o tempo está localizado no Parque Astha Kunj, uma gigantesca área verde no centro da Nova Deli.

O arquiteto Fariborz Sahba escolheu uma flor de lótus porque representa pureza e ternura. Não é para menos que o local ganhou um prêmio GlobArt Academy por promover a união entre povos e nações.

Taj Mahal

Não podemos deixar de falar sobre um dos símbolos mais populares da Índia, o Taj Mahal.

Você sabia que esse prédio é um mausoléu? Ele foi construído entre 1632 e 1653 e contou com cerca de 20 mil trabalhadores que esculpiram e empilharam toneladas de mármore branco em memória de Aryumand Banu Begam, a esposa favorita do imperador Shah Jahan.

Não é à toa que o Taj Mahal é um símbolo de amor! Todos os seus detalhes são voltados à devoção da esposa: desde pedras semipreciosas, como lápis-lazúli, até a costura de ouro da cúpula. Sem dúvidas que uma obra dessa não passaria despercebida e em 1993 foi eleita como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

O Taj Mahal fica na cidade de Agra, a cerca de 223 km de Nova Deli e é possível comprar diversos passeios, variando entre um dia inteiro até poucas horas de visita. O valor também varia de acordo com as atividades, estima-se um valor de € 27 (R$118) a € 54 (R$239).

Mas essas são visitas guiadas. O ingresso para acessar a propriedade não passa de R$70. Tente pesquisar com antecedência para evitar surpresas. Ah, também é possível alugar guias eletrônicos!

De qualquer forma, separe o dia inteiro para visitar esse local pois ele é gigantesco. A propriedade conta com jardins, mausoléus secundários, mesquita e com certeza estará sempre lotado. Os horários mais cheios são ao nascer e ao pôr do sol.

Akshardham

A palavra “akshrdham” significa moradia divina de Deus e é exatamente essa a sensação que você tem ao chegar nesse local. Esse é um templo Hindu dedicado à devoção, aprendizado e espiritualidade!

Esse grandioso ponto turístico da Índia está localizado em Nova Deli e é o maior templo Hindu do mundo! Mais da metade dos turistas que vão à capital da Índia vão ao templo para admirar a sua arquitetura única, assim como a sua grandiosidade.

O local foi construído por 7 mil artesãos e 3 mil voluntários, trabalhando incessantemente para conseguir o resultado que podemos ver hoje em dia.

Ao visitar esse local, temos a impressão de estarmos observando a arquitetura de um outro mundo, daí o nome moradia divina, considerando que apenas um deus poderia viver em um local tão magnífico como esse.

Cinema Raj Mandir

Que tal chegar na Índia e pegar aquele cineminha? Só não espere assistir os novos lançamentos de Hollywood. Ao invés disso, você verá a magnitude do cinema de Bollywood, a maior indústria de cinema indiana.

É muito provável que você já tenha visto um meme usando cenas de filmes indianos, como algumas cenas de ação simplesmente ilógicas ou guerras de proporções inimagináveis.

O local aposta em cores pastéis e luzes para te deixar bem à vontade e relaxado para curtir um bom filme. Além de assistir ao filme, você ainda tem a oportunidade de dividir uma sala de cinema com centenas de indianos animados.

Chand Baori

Chand Baori é uma construção inimaginavelmente geométrica, com 11 níveis de escada e com uma profundidade de 20 metros. Quando construído, o local servia como um reservatório de água. Vale muito a pena conferir mais esse ponto turístico da Índia.

Chand Baori foi construído pelo rei Chanda, da dinastia Nikumbha, entre 800 d.C. e 900 d.C., e a obra foi dedicada à Hashat Mata, deusa da alegria e felicidade.

Dentro do poço, você encontrará inúmeras estátuas de deuses do hinduísmo e cenas religiosas de mais de mil anos atrás. A entrada é gratuita, mas chegar lá pode não ser tão fácil.

Esse é um local realmente especial e que já foi até referência no cinema ocidental, como “O Poço” em Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

Amritsar: o Templo Dourado

Amritsar é uma cidade indiana que fica no estado de Punjabe e é lá que fica o templo da religião chamada sikhismo (ou siquismo).

O Templo Dourado é um prédio gigantesco com um formato um pouco quadrado (o que chama bastante atenção) e dourado, lembrando uma barra de ouro.

O nome oficial do local é Harmandir Sahib, que também significa a “Casa de Deus” – algo muito recorrente na Índia, como você provavelmente já notou.

Apesar de sua beleza imensa, a história desse templo é um pouco turbulenta: a construção foi finalizada em 1604, porém o templo foi destruído com menos de 100 anos de sua construção por conta de ataques.

Após uma sangrenta batalha, o território foi retomado e o templo reconstruído. Hoje, podemos apreciar a sua beleza e história. Além disso, esse é um local de caridade e milhares de pessoas são alimentadas todos os dias em seus degraus.

Praia Palolem

Depois de visitar tantos templos, porque não relaxar sob o sol e sobre a areia da praia?

A praia fica no estado de Goa e é um destino bem alternativo. Você vai encontrar algumas casas ao redor da praia, o que lembra uma vila, e vários chalés à beira da areia, com lojas, restaurantes e outros comércios.

A praia é muito conhecida pelos coqueiros que parecem que estão tombando para o mar.

Esse é um destino tanto para mochileiros independentes quanto para casais ou grandes grupos. Além da praia, você pode fazer pequenas viagens às cachoeiras e cânions ao redor.

Virupaksha

O templo Virupaksha fica localizado na cidade Hampi, no distrito Ballari de Karnataka. Esse é um monumento que faz parte do Grupo de Monumentos em Hampi, os quais são considerados patrimônio da humanidade pela UNESCO.

No século XIV, essa foi a capital do império hindu Vijayanagara. Algumas crônicas deixadas pelos persas e portugueses descrevem a cidade como rica, grandiosa e próspera, tendo em vista suas inúmeras fazendas, templos e mercados com produtos diversos.

Virupaksha é o principal centro de peregrinação entre os hinduístas e ainda hoje é utilizado em cultos da religião.

Um fato interessante é que mesmo antes da capital do império hindu existir, o templo já havia sido construído. O que mostra que esse local deve ser guardado por todas as culturas como um patrimônio histórico.

Visite e aproveite o ambiente de um dos santuários sagrados que sobreviveu ao longo dos séculos.

Esses foram apenas alguns dos pontos turísticos da Índia. Elencado como o segundo país mais populoso do mundo, existe muito mais para ser desvendado em uma viagem à Índia.

Pronto para se aventurar na Índia? Só não se esqueça de viajar com um plano de contingência: o seguro viagem. Faça a sua cotação online e viaje tranquilo!

Roberta Fonseca :Estudou Licenciatura em Computação e Pedagogia, estudou inglês em Nova York, e faz várias viagens à vários países do mundo. Hoje cuida de parte do marketing e vendas da empresa em que é sócia, 3RI Viagens e Turismo (Assistente de Viagem).