Como comprar dólar para viajar

Comprar dólar para viajar. Foto: reprodução internet.

Se o seu destino de viagem for um país onde a moeda é o Dólar (ou que aceita essa moeda), como os Estados Unidos por exemplo, e você quer aprender sobre como comprar dólar para viajar, esse post definitivamente tem tudo que você precisa saber para fazer uma compra segura e eficiente.

Antes de tudo, saiba que além de podermos comprar dólar para viajar em papel (espécie), há também as opções de traveller’s check (um cheque registrado por emissores autorizados), cartão pré-pago ou cartão de crédito internacional.

O recomendado é ter ao menos uma opção além do dólar em espécie (papel moeda) para pagar suas despesas em viagem, como um cartão de viagem pré-pago carregado em dólar, por exemplo.

Afinal, como comprar dólar para viajar?

Há alguns cuidados importantes que devem ser tomados e o primeiro deles é jamais comprar dólar de doleiros. Assim como não comprar dólares de de origem desconhecida, ou que não possa ser declarada.

A falta de acesso à informação não é mais justificativa. Encontramos inúmeros canais para apurar as melhores condições para comprar dólar para viajar.

Enfim, podemos adquirir dólares para viajar em casas de câmbio físicas e online, além dos bancos tradicionais (onde a taxa de câmbio costuma ser mais cara).

O mais recomendado e vantajoso é comprar dólares em casas de câmbio. Há várias delas por aí, especialmente dentro de shopping centers.

A empresa Cotação Câmbio disponibiliza em seu site a cotação do dólar e outras moedas, assim como uma forma segura de comprar dólar para viajar em todos os formatos já discutidos até aqui.

Comprar dólar para viajar: Preciso declarar no imposto de renda?

Dólar para viajar – Imposto de Renda. Foto: Reprodução internet.

Antes de mais nada, saiba que o Banco Central do Brasil tem a informação de todas as pessoas físicas e jurídicas que realizaram câmbio oficial, qualquer que seja o valor.

Mas não se assuste com isto. Se você seguiu as regras de sua casa de câmbio ou assessoria de confiança e respeitou os limites por CPF (a chamada capacidade financeira de câmbio eventual), você e a empresa não terão com o que se preocupar.

No entanto, haverá risco se você para contornar estes limites sem comprovação de origem, comprou em diversas instituições diferentes para, na soma total, poder comprar mais. Daí a probabilidade de cair na malha fina é gigantesca.

Portanto, transações cambiais para comprar moedas (em qualquer espécie e dentro dos seus limites) para viajar a lazer e que foram gastas na viagem, bem com cartões pré-pago com saldo zerado, não precisam ser declaradas no Imposto de Renda.

Qual dólar comprar para viajar?

Qual dólar comprar para viajar. Foto: Reprodução internet.

O dólar turismo é usado para comprar dólar para viajar. Sua cotação muda várias vezes ao dia e costuma ter um valor pouco maior do que o dólar comercial.

Já o dólar comercial é o nome dado informalmente à cotação usada em importações e exportações.

Por outro lado, encontramos ainda o dólar paralelo que que circula em um mercado paralelo, não oficial. É negociado por entidades ou pessoas sem autorização para vender a moeda. Essa negociação é considerada ilícita.

Seja como for, a moeda em si é exatamente a mesma, o que muda é como ela é comercializada e sua cotação.

Comprar dólar para viajar

Comprar dólar para viajar. Foto: Reprodução internet.

O primeiro passo a ser feito, é a pesquisa e comparação da cotação do Dólar. No site do Banco Central há um ranking mensal do Dólar. Você pode cotar também na Cotação Câmbio.

O mercado de câmbio está em constante oscilação. Portanto, algumas operadoras possuem margem de negociação e por isso você pode barganhar uma taxa de câmbio melhor.

Uma importante dica é sempre pesquisar dentro da sua faixa de compra, bem como um pouco acima e um pouco abaixo do valor que você tem disponível, talvez ache algum lugar com preços melhores.

Ah! Nada de deixar para comprar dólar para viajar no dia de embarcar. As casas de câmbio localizadas nos Aeroportos costumam ter uma taxa maior. Vale um bom planejamento para comprar fracionado, ou quando enxergar uma boa possibilidade para realizar uma compra maior.

Onde comprar dólar para viajar

Quanto aos locais e maneiras para comprar dólar para viajar há várias opções. Se você for do tipo mais tradicional, alguns Bancos oferecem esse serviço apenas para correntistas (como Banco do Brasil), outros oferecem para todos; porém com alguns benefícios para correntistas (como Bradesco).

Cotação Câmbio. Foto: Reprodução internet.

Por outro lado, se você for mais conectado há a possibilidade de comprar dólar para viajar online, seja por meio de operadores de câmbio e até mesmo alguns bancos. É possível, inclusive comprar dinheiro em espécie com entrega.

Ainda há milhares de casas de câmbio espalhadas pelo nosso país, especialmente nas grandes cidades – demanda e concorrência maiores, tendência a maior possibilidade para comprar dólar para viajar mais em conta.

Lembrando em caso de lidarmos com câmbio, desconfiar se o valor do dólar e taxas estiverem muito abaixo do mercado. O risco de estar entrando em uma furada é enorme. Conforme dito anteriormente, jamais compre dólar sem procedência.

Limite de dólar para viajar

Pela legislação brasileira, somente é permitido sair país com R$ 10 mil (ou equivalente em outra moeda) em espécie sem precisar declarar nada à Receita Federal. Os valores acima desse limite exigem o preenchimento de documentação alfandegária no aeroporto.

Limite de dólar para viajar. Foto: Reprodução internet.

Antes de embarcar, se o valor for superior ao permitido o viajante deverá se apresentar ao agente da Receita Federal portando a Declaração de Bens do Viajante (e-DBV), os valores declarados e, o comprovante de compra dos dólares em operadores de câmbio devidamente autorizados pelo Banco Central, ou ainda, o I.R onde conste tais valores devidamente declarados.

Caso os agentes federais não obtenham comprovante de origem das moedas estrangeiras e detectem porte de valores superiores a R$ 10 mil, você poderá ter os valores apreendidos pela Receita Federal e responder criminalmente por evasão de divisas.

Portanto, procure comprar o dólar para viagem de maneira segura e legalizada. Além disso, é necessário verificar os limites de entrada em espécie em outros países. Vale a consulta no consulado e embaixada do país destino.

Dólar para viajar: Cartão de Viagem Pré-Pago em Dólar

Cartão de Viagem Pré-Pago. Foto: Reprodução internet.

O cartão de viagem pré-pago (como Visa Travel Money, Mastercard Cash Passport ou American Express Global Travel Card) é uma excelente opção para que você não fique com grandes valores em dinheiro no bolso ou cofre de hotel, e ainda mantenha um controle de gastos.

Esses cartões operam com as maiores bandeiras de cartões e costumam ser aceitos na grande maioria de países e estabelecimentos. Essa modalidade de cartão tem seus prós e contras. Primeiramente, vamos conhecer as vantagens.

Prós do Cartão de Viagem Pré-Pago

Um dos principais atrativos dos cartões de viagem pré-pagos é segurança tanto no momento da transação de carregamento, como quando você estiver passeando por outro país. Em caso, de roubo ou furto todas as operadoras possuem centrais 24h para bloquear o cartão.

Outro ponto favorável é taxa de câmbio usada no carregamento de crédito no cartão, já que os bancos costumam oferecer descontos em relação ao dinheiro vivo.

É possível realizar saque no exterior de maneira mais em conta, menor taxa e disponível em diversos bancos e caixas eletrônicos. No entanto, há um limite diário para o valor do saque.

Outra vantagem do cartão pré-pago, agora em relação ao dinheiro em espécie e aos traveller checks, é a facilidade de recarga.

Se o dinheiro do cartão estiver acabando, basta fechar outra operação de câmbio para recarregá-los – isso pode ser feito por telefone ou até pela internet em algumas instituições financeiras.

Contras do Cartão de Viagem Pré-Pago

Algumas instituições só vendem até US$ 10 mil para um cliente, incluindo os cartões adicionais. Em cargas de até US$ 3 mil, geralmente o cliente só precisará apresentar CPF e RG no momento da compra.

Esses limites fazem parte das regras do Banco Central para o combate à lavagem de dinheiro. Alguns cartões pré-pagos podem chegar a US$ 100 mil. Nesse caso, o cliente será obrigado a apresentar algum comprovante de que realmente vai viajar para o exterior e um comprovante da origem do dinheiro.

Alguns cartões pré-pagos possuem uma taxa de inatividade, que é cobrada quando o cliente fica sem utilizá-lo. A tarifa varia – há casos em que é de US$ 5 por mês após seis meses sem uso. Outros não cobram nada.

Além disso, o imposto (IOF) para compra de dólar para viajar com cartão pré-pago é maior que o imposto quando a compra é feita em papel moeda.

Dólar para viajar: Imposto do dólar em espécie versus Imposto do dólar em cartão de viagem

Imposto sobre dólar para viajar. Foto: Reprodução internet.

Quem compra dólar para viajar, carrega um cartão pré-pago ou faz pagamentos no cartão de crédito nessa moeda, no exterior ou via internet, precisa pagar IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre o valor.

A alíquota varia de acordo com a forma de transação.

Em dinheiro vivo o IOF é de 1,1% sobre o valor total da moeda comprada. Já no cartão pré-pago o IOF é de 6,38% sobre o valor total do carregamento, o mesmo imposto pago em compras feitas com cartão de crédito internacional.

Conclusão

Dólar para viajar. Foto: Reprodução internet.

Em conclusão, é necessário garantir as melhores opções e cotações para comprar dólar para viajar. Para tanto, a compra deve ser fracionada e planejada com antecedência para não pesar no orçamento, ou perder oportunidades.

Assim, você fica menos vulnerável ao câmbio e terá uma média das cotações. Um dia pagará um pouco mais, em outro pouco menos.

Por outro lado, também vemos que há limites estabelecidos pela Receita Federal. Senão quiser problemas, é fundamental segui-los à risca e comprar dólar para viajar com procedência. Bem como, devemos possuir mais de uma opção de formato da moeda para realizarmos pagamentos em nossa viagem ao exterior.

Por último, não deixe de incluir no seu planejamento de viagem a compra de um seguro viagem. Você pode cotar online, comparar as melhores seguradoras e planos, e comprar o seu seguro de viagem em https://assistentedeviagem.com.br.

Se essa será a sua primeira viagem internacional, então leia nosso post sobre tudo o que você precisa saber para fazer a primeira viagem perfeita.

Boa viagem! 😉

Roberta Fonseca: Estudou Licenciatura em Computação e Pedagogia, estudou inglês em Nova York, e faz várias viagens à vários países do mundo. Hoje cuida de parte do marketing e vendas da empresa em que é sócia, 3RI Viagens e Turismo (Assistente de Viagem).